Afinal, preciso mesmo de uma persona? | Blog - Agências3 - Agência de Publicidade Porto AlegreWhatsapp
23/12/2021

Afinal, preciso mesmo de uma persona?

Uma persona é um personagem criado com base em dados e comportamentos reais que representa o cliente ideal de umamarcaou empresa. Ela pode ser aplicada em diversos nichos. Por exemplo, no marketing digital  a persona é essencial para dar o tom da comunicação e quais os canais que vão receber maior dedicação, já os designers usam para desenhar interfaces eficientes. 

O conceito de personas foi criado pelo designer e programador de softwares Alan Cooper ao desenvolver um sistema de gerenciamento de projetos em 1983. Ele compreendeu que com uma pessoa em mente, que tem dúvidas e necessidades reais, fica mais fácil perceber questões complexas de design e interação. Com o passar dos anos, as personas saíram do universo do design e invadiram o marketing. Com o Inbound Marketing  e o Marketing de Conteúdo, o conceito ficou ainda mais popular. As personas  são uma das principais ferramentas de planejamento para as marcas  que centram suas estratégias no consumidor. 

Leia também: O nicho de conteúdo do seu negócio já está definido?

A persona e o público-alvo são a mesma coisa?

A resposta é não, persona  e público-alvo  são diferentes. O público-alvo  surgiu quando as marcas e empresas passaram a colocar o consumidor no centro das estratégias. Ao criar uma campanha, elas começaram a segmentar por idade, gênero, localização, renda, escolaridade, além de considerar características psicológicas e comportamentos. Sendo assim, o público-alvo  é um segmento de pessoas com características em comum que uma marca escolhe para direcionar suas campanhas e anúncios. É possível perceber uma diferença bem clara entre público-alvo  e persona. E a principal é que a persona  cria uma identidade bem definida no papel de um personagem.

Por que criar uma persona?   

Os conteúdos  de marketing são voltados diretamente à dor do cliente, a partir disso, oferece uma solução. Essas produções consistem em textos, posts em redes sociais, vídeos e outros elementos que focam no consumo. Por isso, a persona é quem direciona a melhor forma de produzir  conteúdos  de marketing para as pessoas certas. A persona abrange os canais que o público mais usa para se informar, falar e interagir com as marcas, e são neles em que seu negócio deve estar presente para se comunicar com as pessoas. 

Além de direcionar as pautas e canais de comunicação, ela direciona a linguagem e o tom de voz dos conteúdos. Afinal, é preciso se comunicar da melhor maneira com as pessoas. Não é possível utilizar um tom de voz formal se o seu público  é jovem e descontraído e esperar bons resultados. É a persona  quem vai definir a construção da mensagem com linguagem e tom adequado. 

Leia também: Reciclar conteúdo é preciso. 

E como criar uma persona?

O primeiro ponto para desenvolver uma persona  é perguntar/conversar com seus clientes atuais e antigos, usando as experiências negativas e positivas, além de uma base de leads se houver. Tendo essas informações, é possível dar início a construção da persona. O foco deve ser nas dores, objetivos e necessidades dos clientes, por isso, na hora de coletar as informações, é preciso dar atenção aos desafios que eles enfrentam. Após isso, é importante analisar as informações coletadas, assim será possível perceber padrões comportamentais entre as respostas. Depois de fazer uma descrição das características, é preciso dar corpo e vida a sua persona. Ela precisa de um nome, idade e um rosto, nessa parte é possível soltar a imaginação, mas sem fugir muito do que foi percebido durante a pesquisa. Esses detalhes são importantes para que a persona  se pareça, o máximo possível, com um ser humano. Para isso, crie uma história de vida, narre a rotina, hábitos de consumo e busque ser o mais detalhista possível. 

Aqui na Agência S3, toda vez que recebemos um cliente novo, o time de conteúdo  desenvolve uma análise de concorrentes, dentro dela são produzidas personas que guiam a forma de gerir os conteúdos e anúncios. 

 

Ficou interessado em nossos serviços? Entre em contato! 

 

Texto por Marília Bede, graduanda em jornalismo e Assistente de Conteúdo na Agência S3.

#Conteúdo #Marketing #Persona #AgênciaS3 #MaríliaBede